Preto & Branco

Polícia detém traficantes de “soruma”

A polícia moçambicana deteve dois homens com 50 quilos de canábis, vulgo soruma, escondidos em sacos de roupas, na província de Nampula.

Segundo o porta-voz da Polícia da República de Moçambique (PRM) em Nampula, Zacarias Nacute, em declarações a imprensa, os homens foram encontrados num posto de controlo, numa viatura de transporte de passageiros.

A droga estava escondida em fardos de roupa usada, que é vendida a preços acessíveis em vários pontos do país.

Um dos detidos, citado pela imprensa local, disse ter consciência de que estava a cometer um crime, entretanto fê-lo para sustentar a sua família, enquanto o outro nega o seu envolvimento.

De acordo com o Gabinete das Nações Unidas contra a Droga e o Crime (UNODC), as autoridades do Quénia e da Tanzânia, países a norte de Moçambique, aumentaram a vigilância nos últimos anos, empurrando os traficantes para sul, em direcção à costa moçambicana, “em busca de novas rotas e novos mercados”.

Moçambique  é apontado por várias organizações internacionais como um corredor de trânsito para o tráfico internacional de estupefacientes com destino à Europa e Estados Unidos da América, sobretudo heroína oriunda da Ásia, mas as apreensões de cocaína oriunda da América do Sul têm também aumentado.

Adicionar comentário

Leave a Reply