Preto & Branco

ALKAPONE pretende lançar seu primeiro album em 2022

Com o isolamento social e todo o impacto psicológico gerado pela pandemia de covid-19, assistimos ao aumento da discussão sobre o quanto as manifestações artísticas podem ser um escape num momento como este. Vimos através dos meios digitais o aumento do consumo de arte, que se tornou uma forma não só de fugir do caos, mas também de se comunicar e trocar informações.

Numa realidade na qual não existem toque, presença ou troca, as pessoas interagem e buscam entretenimento na internet e, assim, lives, conteúdos por streaming, YouTube e demais redes sociais se tornaram a forma de artistas interagirem e levarem suas produções ao público.

Ao mesmo tempo que esses artistas buscam formas de manter a produção e o contato com seus espectadores, como o restante da população, eles também tiveram sua vida pessoal e profissional totalmente transformada pela pandemia. Diante de todo o impacto, depararam-se com a necessidade de aprender a se reinventar, buscar alternativas para manter o sustento e lidar com o abalo psicológico e suas consequências no fazer artístico

 Alkapone com o nome de registro  Luis correia nascido a 8/7/49 em Figueiró  Viseu em  Portugal contou a sua história ao Preto e Branco que teve a  paixão nasceu na  aldeia em que vivia  fazendo gaitas e pífaros de cana.

“Alkapone é uma alcunha da escola secundária pelo ano de 1961 depois de uma queda de bicicleta, é que andei com a cabeça  rapada nome que colou até cheguei a ter um grupo os alkapone de realçar que neste momento tenho disponível uma faixa musical e outras cinco estão sendo trabalhadas”. Frisou

 O mesmo foi mais além ao lembrar que até então  não enfrentou  desafios uma vez que estava a fazê-lo  por hoby.

“Já escrevo letras à 60 anos porque  gosto, costumava fazer letras para musicas que eram cantadas por outros artistas agora faço as minhas proprias músicas, Neste momento estamos a criar um estilo assim como o zouck  e a kizomba aliado com o ar de fado português e penso que irá ter algum impacto”. Terminou

 De realçar que o músico pretende lançar o seu primeiro álbum no próximo ano e continuará a trabalhar para desenvolver novas estratégias para que as suas músicas sejam bem consumidas.

 

Adicionar comentário

Leave a Reply