Preto & Branco

Governo encarrega-se pela participação das Samurais no Afrobasket

Revira volta, O governo, através da Secretaria de Estado do Desporto, compromete-se  em assumir as despesas da participação da selecção nacional de basquetebol sénior feminino no Afrobasket edição 2021, que vai decorrer em Yaoundé, no Camarões, 24 horas após o presidente daquela agremiação anunciar a desistência da participação de Moçambique, alegado falta de fundos.
A confirmação foi dada na manhã de hoje (10), após a reunião com o Secretaria de Estado do Desporto, direcção da Federação Moçambicana de Basquetebol, e o Comité Olímpico.
Nestas circunstâncias, a SED acabou tomando a dianteira, decidindo assim financiar a participação de Moçambique na prova em que o país vai procurar defender o quarto lugar.
Assim, a selecção de todos nós vai iniciar com a preparação com vista a  este evento, devendo as atletas começarem os trabalhos sob orientação de Nasir Salé que face às incertezas desta participação não promete uma representação ao nível do patamar atingido pelo cinco moçambicano.
Moçambique está integrado no mesmo Grupo com a Nigéria e Angola, duas selecções que estão há mais de um mês em estágio de preparação da sua presença no Afrobasket 2021.

Adicionar comentário

Leave a Reply