Preto & Branco

Igor Mogne estreia em falso nos jogos olímpicos de Tóquio

O internacional moçambicano, Igor Mogne, primeiro atleta do país a entrar em cena nos jogos olímpicos de Tóquio 2020, foi eliminado, depois de terminar na segunda posição na série 1. O nadador não conseguiu alcançar a marca necessária para qualificar-se para as meias finais na série dos 400 metros livres da modalidade, ao ficar atrás do chileno Eduardo Cisternas, que conseguiu a marca de 3:54.10 minutos, ao passo que o moçambicano terminou a prova com a marca de 3:56.56′.
Igor até começou confiante na prova, que logo nos primeiros 100 metros liderava o certame, mas ao longo do percurso acabou sendo ultrapassado pelo Chileno. Assim o nadador que representa o nosso país, ficou na segunda posição.
Esta é a segunda participação, do nadador na prova planetária. Na actual edição, o mesmo entrou na competição com a marca de 3:54,90 minutos como o seu melhor tempo na distância feita em Gwangiu, na Coreia do Sul, que lhe valeu o convite a esta edição da prova.

Adicionar comentário

Leave a Reply