Preto & Branco

“Troika” da SADC decide sobre conflito em Cabo Delgado

A troika da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC) reúne-se, na cidade de Maputo, na próxima quarta-feira (23 de Junho) tendo como agenda a busca de resposta regional à insurgência terrorista que assola a província nortenha de Cabo Delgado passam três anos.

Citado pela imprensa sul-africana, o presidente da África do Sul, Cyril Ramaphosa anunciou que a cimeira da troika da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC) reúne-se no dia 23 em Maputo para decidir sobre “a resposta regional apropriada” em apoio ao Governo de Moçambique na luta contra o terrorismo na província de Cabo Delgado.

Questionado no Parlamento, Cyril Ramaphosa disse que o seu Governo está a “trabalhar dentro dos sistemas da SADC para fazer face à desestabilização de Cabo Delgado e para estabelecer a estabilidade política em Moçambique”.

O estadista  sul-africano lembrou que uma missão de peritos da SADC propôs um apoio às Forças de Defesa e Segurança de Moçambique, sem dar detalhes. A proposta, conhecida em Abril, incluiu o envio de uma força de três mil homens e equipamentos pesados.

Os jihadistas ligados ao Estado Islâmico têm vindo a aterrorizar a província de Cabo Delgado desde 2017, tendo causado mais de 2.800 mortes, metade das quais civis, e forçou mais de 700 mil a abandonarem as suas casas.

Adicionar comentário

Leave a Reply