Preto & Branco

FNB alerta empresas e idosos sobre o risco de fraudes electrónicas

O volume de operações bancárias na Internet conheceu um aumento significativo ao longo deste ano, em resultado das medidas de isolamento e confinamento impostas pela COVID-19. Este é, indubitavelmente, um indicador de mudança mas exige extrema cautela na partilha de informação pessoal e de dados bancários.

Atento a esse risco, o FNB Moçambique alerta as empresas sobre a existência de fraudes com recurso a emails que têm como alvo várias instituições, principalmente as desprevenidas.

“Uma das fraudes com recurso ao email mais comuns é o Business Email Compromise (BEC), um tipo de fraude que visa o correio electrónico de empresas, indivíduos e governos, utilizando tecnologia digital combinada com técnicas de engenharia social”, explica Sansão Monjane, Head of IT do FNB Moçambique.

Fraudes deste género podem materializar-se de várias formas, numa delas, é usado um malware, um software malicioso ilícito, para aceder às contas de e-mail das empresas sendo, de seguida, enviada correspondência para clientes devedores informando sobre a alteração dos dados bancários do credor ou fornecedor. De seguida é solicitado à entidade devedora, a realização de transferências dos valores em dívida, em futuros pagamentos para a nova conta.

Os destinatários deste tipo de esquema têm sido funcionários com cargos específicos dentro da organização, a quem é solicitada a realização de pagamentos urgentes.

Para se protegerem deste tipo de fraudes, as empresas devem manter os seus softwares de protecção sempre actualizados, nomeadamente anti-vírus e outros sistemas de prevenção.

Sobre a protecção dos idosos de ataques cibernéticos nas contas

Sendo assim, os esquemas fraudulentos merecem especial atenção quando têm como alvo indivíduos com idades superiores a 65 anos, pois tendencialmente estão menos familiarizados com tecnologias de informação e comunicação. Para este grupo etário, a abordagem dos criminosos, tem sido a de fornecer ajuda no uso de ATMs ou Canais Digitais para apropriação e uso indevido dos seus dados. Para mitigar o risco de ataques similares, o FNB tem divulgado comunicações sobre a confidencialidade do PIN e credenciais, uso de redes de wifi públicas, acesso seguro ao Online Banking, entre outros.

No FNB “alertarmos os nossos clientes sobre protecção anti-fraude e encoraja-mo-los a recorrer aos nossos canais de reporte em caso de suspeita de  transacções suspeitas nas suas contas bancárias. Recomendamos, igualmente, que sejam tomadas todas as precauções necessárias para garantir a segurança dos seus dados bancários”.

 

 

 

Adicionar comentário

Leave a Reply