Preto & Branco

Comiche é novo homem forte da FMP

A Federação Moçambicana de Patinagem tem um novo presidente. Trata-se de Eneas M. Comiche que sucede a Nicolau Manjate que esteve oito anos na direcção do organismo máximo da patinagem nacional. Comiche derrotou a Nelson Costa por oito votos contra três, num acto que acabou impugnado pela lista perdedora.

O acto eleitoral teve lugar em Maputo e teve momentos de alguma picardia, aliás como tem caracterizado o ambiente na modalidade dividida em dois grupos que querem assumir o controlo da mesma.

Momentos depois da eleição, o candidato da Lista B, ora vencia no pleito, submeteu uma carta à Mesa da Assembleia Geral na qual impugana o acto eleitoral por este continuar a permitir que os oito membros fundadores continuem a ter direito a voto.

A polémica está em torno ao facto de, em 2016, a Assembleia – Geral decidiu pela alteração dos estatutos eleitorais da federação, estatutos que davam direito de voto apenas aos membros fundadores.

São membros fundadores da FMP Nicolau Manjate (ex-presidente da FMP), Sandro dos Santos, Maria José, Hugo Sousa, Pedro Tivane, Carlos Laisse, Gilberto Nfunzamu e Sidique Aly.

Nelson Costa, candidato derrotado nas eleições da FMP

Volvidos mais de quatro anos, continuam os mesmos membros fundadores com direito a voto, o que é contestado pela lista de Nelson Costa que promete levar o assunto à barra dos tribunais.

Por outro lado, a Lista B contesta o facto de a direcção cessante da FMP não ter viabilizado a admissão de mais associações desportivas como membros da federação, em cumprimento com o estipulado na Lei do Desporto, garantindo deste modo a maior representatividade para os praticantes da patinagem do país.

Entretanto, a tomada de posse do elenco liderado por Eneas M. Comiche deverá ter lugar em 15 dias na capital do país. (LANCEMZ)

Adicionar comentário

Leave a Reply