Preto & Branco

Nasir Salé no comando do Ferroviário

Nasir Salé será apresentado, na tarde desta terça-feira, como treinador principal da equipa sénior feminina do Ferroviário de Maputo, bi-campeã africana, no dia em que os “locomotivas” assinalam 96 anos desde a sua fundação.

O acto terá lugar nas instalações do clube “locomotiva” na Baixa da capital do país e será um dos pontos mais altos das festividades da colectividade, algo marcado pela pandemia da COVID-19.

Salé chegou a acordo com o Ferroviário de Maputo após longos meses de negociação que foram afectadas pelo facto de o técnico ter ficado retido longos meses na Costa do Marfim para onde havia se deslocado para orientar “clínics” destinados a treinadores locais.

Em Abidjan, o experimentado técnico moçambicano foi aliciado com uma proposta para orientar a selecção sénior feminina da Costa do Marfim, mas o desejo de trabalhar na Pátria Amada acabou pesando mais alto.

Aliás, a ligação com o Ferroviário de Maputo abre boas perspectivas para que o treinador possa voltar a assumir o comando técnico da selecção sénior feminina de Moçambique, sendo que negociações nesse sentido decorrem com a Federação Moçambicana de Basquetebol.

Nasir Salé goza de uma excelente reputação ao nível do basquetebol africano graças ao seu rico Palmarés, onde se destacam três títulos de campeão africanos (2007 e 2008 pelo Desportivo Maputo e 2012 pela Liga Desportiva), um de vice campeão africano (2010), uma vez medalha de bronze (2009), duas vezes campeão africano da zona 6 ( 2004 e 2006).

Ao nível de selecções Nacionais, Nasir Salé ostenta a medalha de ouro nos jogos da lusofonia, participação no Torneio de Qualificação dos jogos olímpicos de 2012, vice campeão africano (2013), participação no campeonato mundial.

 

Internamente Salé já trabalhou em clubes como Maxaquene, Desportivo Maputo, Liga Desportiva e Ferroviário da Beira onde há a registar o facto de ter sido 13 vezes campeão nacional. No estrangeiro já trabalhou em Angola, sagrando-se campeão da cidade de Luanda pelo Inter Clube de Angola. (LANCEMZ)

Adicionar comentário

Leave a Reply