Preto & Branco

Mais de 1500 jovens serão capacitados em matérias de Inovações e Tecnologias

Foram assinados na manhã desta segunda-feira (14) dois memorandos de entendimentos entre o ministério de ciência e tecnologia, ensino superior e tecnologia profissional cujo o objectivo do  memorandos em referência visam estabelecer mecanismos de cooperação entre as três entidades com vista a facilitação do uso dos resultados da pesquisa, tecnologias e inovações desenvolvidas pelo CITT no âmbito da incubação dos jovens para o auto-emprego assim como, a transferência de tecnologias para a produção de semente certificada o mesmo memorando permitirá a capacitação de 1680 jovens no uso de inovações e tecnologias geradoras de auto-emprego no sector agrário.

O ministro Gabriel Salimo disse que ao se formalizar hoje as parcerias com a ADE e a Mozgrain, pretende-se alargar as intervenções do ministério, contribuindo deste modo para o crescimento económico e social do país, tendo em conta que o CITT representa o braço do Ministério da Ciência e Tecnologia, Ensino Superior e Técnico Profissional que se dedica à transmissão de conhecimento para as comunidades com vista à melhoria da sua qualidade de vida;

“Queremos também, destacar o papel do CITT como instituição que assegura o estabelecimento de mecanismos e formas de garantir a implementação institucionalizada e, especializada dos interesses e da agenda de investigação e, transferência de tecnologias, inovação e a capitalização do conhecimento local para o desenvolvimento sustentável das comunidades, Queremos recordar que no presente quinquénio 2020-2024, o Governo enfatiza a necessidade de geração de emprego e auto-emprego, especialmente para jovens e mulheres, incentivando a adopção de diversas estratégias para a sua operacionalização, sendo uma delas o estímulo à iniciativas de inovação e transferência de tecnologias e, à iniciativas juvenis e empreendedoras” disse a fonte

O mesmo frisou ainda que  os dois memorandos de entendimento celebrados há instantes, concorrem de forma concreta para responder ao compromisso governamental de geração de emprego e auto-emprego.

“Como imagem, com a ADE, prevemos expandir as nossas acções no que diz respeito à capacitação de 1680 jovens no uso de inovações e tecnologias geradoras de auto-emprego no sector agrário. Por seu turno, com a Mozgrain, expandiremos as acções de transferência de tecnologias para a produção de semente certificada e uso de insumos de qualidade prevendo-se atingir um total de 300 produtores locais assim, em face das enormes oportunidades que se criam na sequência da assinatura destes memorandos, queremos reiterar o nosso compromisso como sector ministerial que coordena as acções de Ciência e Tecnologia, de levar estes dois pilares de governação à servirem cada vez mais a sociedade moçambicana em geral e, de forma particular às comunidades rurais, que são objecto das parcerias que hoje formalizamos” disse Gabriel Salimo

Salimo

Expectativas por lado do ministro.”Esperamos que estas parcerias contribuam significativamente para o desenvolvimento das comunidades abrangidas, podendo trazer resultados sustentáveis a curto, médio e longo prazos, tomamos conhecimento que a operacionalização destes instrumentos, incluirá a constituição de equipes técnicas que deverão se encarregar de assegurar que os resultados sejam satisfatórios e, por isso, encorajamos aos membros destas equipes à elaborarem planos de acção que servirão de ferramentas de monitoria das actividades propostas; Igualmente, orientamos que estas acções abranjam o maior número possível de comunidades nos distritos beneficiários, podendo sempre que possível apostar em inovações que promovam o aumento da produção e produtividade” terminou O ministro Gabriel Salimo

 

 

 

 

Adicionar comentário

Leave a Reply