Preto & Branco

Moçambique tem até 20 de Setembro para apresentar ENZ

A Confederação Africana de Futebol (CAF) definiu 20 de Setembro como o último dia para a Federação Moçambicana de Futebol (FMF) provar que o Estádio Nacional do Zimpeto e o Estádio da Machava estão em condições de acolher jogos internacionais. Isto, na sequência do chumbo redondo de Abril último.

Com efeito, a CAF ordena a Casa de Futebol para que faça, com máxima urgência, uma pré-inspecção aos dois recintos, indicando que esta acção que deverá ser conduzida por um gestor do Departamento de Licenciamento de Clubes da FMF.

Esta pré-inspecção deverá decorrer entre esta e próxima semana, visto que a CAF precisa de toda a informação até às 23h59min do dia 20 de Setembro, conforme apurou OC-Olho Clínico de fontes ligadas ao processo.

E para evitar informação dúbia, aquela confederação exige que o relatório seja acompanhado por evidências fotográficas dos sectores melhorados mediante as recomendações deixadas aquando da visita realizada em Abril último. A CAF quer, ainda, certificados e vídeos dos testes, por exemplo, dos sistemas de iluminação e de segurança dos dois recintos desportivos.

Não sendo isso, tudo, como etapa que se segue ao envio da informação da federação até 20 de Setembro, a CAF deverá enviar os seus homens a Moçambique para verem tudo in loco. Para verificarem, no Zimpeto ou na Machava, se o relatório da FMF vai ao encontro das recomendações deixadas. Ou seja, se os estádios cumprem ou não com os requisitos de estádios daquele organismo africano.

Aliás, depois de 20 de Setembro a CAF pousará em Mavalane com o martelo dourado. Para sentenciar se Moçambique dispõe, ou não, de campos para acolher jogos oficiais das selecções nacionais de futebol e das equipas participantes nas Afrotaças.

Em caso de um novo chumbo, tal como sucedeu em Abril, os Mambas, o Costa do Sol e a União Desportiva de Songo deverão optar por representar o País jogando na África do Sul ou na Tanzânia, sempre de acordo com a disponibilidade destes dois países em ceder os seus recintos ora aprovados pela CAF.

De recordar que o Estádio Nacional do Zimpeto – que se tornou na catedral das selecções nacionais – foi reprovado em Abril último depois de uma visita de inspectores da CAF que constataram, entre outros, uma iluminação deficiente, falta de torniquetes para o controlo de entradas, piso degradado e um sistema de segurança obsoleto.

 

De recordar que, da visita de monitoria efectuada recentemente, Gilberto Mendes constatou que as obras naquele recinto desportivo decorrem a bom ritmo, tendo anunciado que a relva ganhou uma nova vida, os balneários foram renovados, a zona de segurança ao redor do estádio e cabine para os jornalistas está OK, ademais das telas gigantes que voltaram a estar operacionais. OC

Segundo Olho Clínico os dois confrontos deverão decorrer no estrangeiro, em princípio em Portugal, por conta das facilidades em termos de ligação aérea entre Lisboa e a capital dos três países envolvidos nestes amigáveis: Maputo, Bissau e Banjul.

Refira-se que os dois encontros de carácter amigável deverão decorrer entre os dias 08 e 13 de Outubro.

 

Adicionar comentário

Leave a Reply