Preto & Branco

Atletas pedem que a nova Lei do Desporto, crie ferramentas para uma maior atenção as suas carreiras desportivas

A Secretaria de Estado do Desporto, reuniu-se com atletas das diversas modalidades desportivas do país, no âmbito da auscultação de reflexão conjunta da proposta de revisão da lei do Desporto.

Encontro dirigido pelo Director Nacional do Desporto de Rendimento, Francisco da Conceição, começou por contextualizar a pertinência da reflexão, assim como, a necessidade dos atletas poderem contribuir para a que a proposta da revisão da lei seja enriquecida pelo principal actor do movimento desportivo.

Dos vários aspectos debatidos na reunião, os atletas manifestaram-se desconfortados com a actual política de reinserção social após-carreira, atendendo que, esta é uma actividade de curta duração mas que, durante os períodos áureos exigem dos atletas muito esforço, mas que ao atingir o final da carreira, não encontra enquadramento no sistema de segurança social.

Os atletas sugerem para que haja obrigatoriedade das grandes empresas multinacionais para o apoio a actividade desportiva e querem que a revisão da lei especifique um ponto do seu envolvimento nas campanhas publicitárias de promoção das suas marcas e outras campanhas sociais e económicas do país.

Pedem também, que se faça a alteração no Regulamento da Premiação Desportiva, uma vez esta estar desenquadrada da actual conjuntura e a sua pertinência no reajuste do mesmo.

Pedem que a lei faça uma melhor harmonia entre as modalidades colectivas e individuais e uma atenção especial para os atletas paralímpico, especialmente o surdo-mudo, que se sente abandonado e quer um melhor acompanhamento e treinadores qualificados para o orientar.

A terminar a reunião, os atletas afirmaram o seu comprometimento em criar uma Associação Nacional, de forma a defender os seus interesses, através de um interlocutor válido para interagir com as instituições nacionais que regem as suas actividades desportivas e outros segmentos da sociedade moçambicana.

Em relação a este especto, o Director Nacional do Desporto de Rendimento, Francisco da Conceição concordou com a ideia, tendo aconselhado que para além dessa associação, fosse criada também uma confederação de atletas que englobaria os representantes de cada modalidade desportiva.

Área de anexos

 

Adicionar comentário

Leave a Reply