Preto & Branco

“SUSTENTA” pretende estancar com as preocupações dos produtores da Cidade de Maputo

Há um ditado que diz “ quem promete deve” foi numa manhã em que o sol brilhava como de costume em que a ministra da terra e ambiente junto da sua comitiva, fez uma visita de trabalho aos produtores e agricultores da associação Massacre de Mbuzini com o objectivo de ouvir as preocupações dos produtores. Das várias preocupações que os produtores esclareceram a ministra revelaram que projecto sustenta comprometeram-se a resolver os mesmos.

Carlos Novela produtor a mais de 6 anos disse a nossa reportagem que produz vários produtos alimentares dos quais a couve e a alface fazem parte.

“ Estou nesta área a mais de 6 anos e tenho enfrentado vários desafios pois as pragas não tem deixado o trabalho fácil pior na produção da couve e sabido que o remédio para matar as pragas e bastante caro o que não tem recompensado os nossos gastos, até então tenho mais de 80 canteiros de couve dos quais irei lutar para vender por 200mt mais será uma tarefa difícil uma vez que os Guevas querem por 100/150, o governo tem ajudado as vezes nas cementes e instrumentos de trabalho”, disse a fonte.

Por seu turno, a ministra da terra e ambiente Ivete Maibasse aponta que a associação Mbuzini tem cerca de 36 hectares e a Djaulane que tem cerca de 70 hectares” pela informação que nos chegou existem associações que tem mais de 100 hectares na cidade de Maputo, das duas associações já visitadas deixaram ficar suas preocupações como a falta de unidades de processamentos mas o projecto sustenta esta aqui para resolver estes problemas, iremos instalar 6 unidades de processamento na cidade de Maputo e também pretendemos trazer transferências de tecnologias de uma comunidade para outra tudo isso para garantir que os produtos que ca estão a ser produzidos tenham o seu mercado”, explicou Ivete Maibasse.

A secretária do estado na cidade de Maputo Sheila Santana aponta que o projecto Sustenta irá olhar para toda cadeia de valor partindo do pequeno agricultor comercial até ao consumidor ”existirão linhas de financiamento para poder apoiar os nossos produtores a nível da cidade como sabem a cidade de Maputo tem uma grande potencialidades pois tem cerca de 1300 hectares em que até então contamos com cerca de 14 mil produtores os mesmos que estão organizados em associações isto e são mais de 34 associações como sabem já foram visitadas duas devo ca lembrar que neste momento contamos com cerca de 44 extensionista e com este programa o objective é também alancar assistência técnica aos nossos produtores a nível da cidade”, Revelou Sheila.

De realçar que SUSTENTA e um programa nacional de integração da agricultura familiar em cadeias de valores produtivas cujo objective principal e melhorar a qualidade de vida dos agregados familiares das zonas rurais através da promoção da agricultura sustentável.

Adicionar comentário

Leave a Reply