Preto & Branco

Arranca julgamento de supostos patrocinadores da Junta Militar da Renamo

Inicia nesta sexta-feira, 10 de Julho, no Tribunal judicial de Distrito de Dondo, província de Sofala, o julgamento de seis indivíduos acusados de financiar a Junta Militar da RENAMO. A tal, liderada pelo general Nhongo, que desassociou-se da Renamo oficial, presidida por Ossufo Momade.
Do que já apuramos,  entre os arguidos está o antigo Delegado da RENAMO em Sofala, Sandro Ambrósio, que se encontra em prisão preventiva  há vários meses.
Este foi detido quando apontado, por alguns guerrilheiros sob a alçada de Nhongo, capturados pelas forças governamentais, de ser um dos financiador das incurssões militares em regiões de Sofala e Manica.
 Aliás, os tais capturados, evocaram vários nomes, incluindo a ex-chefe da bancada da Renamo, Ivone Soarea, o deputado António Muchanga, o antigo SG desta formação política, Manuel Bissopo, incluindo, também, o actual porta-voz, … Manteigas. Todos estes, chegaram a ser notificados para audição pela PGR.

Adicionar comentário

Leave a Reply