Preto & Branco

Comissão de gestão do 1º de Maio quer reactivar acordo com FMF para recuperar seu campo

A direcção do clube de Maio e os sócios tiveram uma reunião em que se decidiu a criação de uma Comissão de Gestão até a realização da Assembleia Geral que vai eleger os órgãos sociais do clube.

A referida Assembleia Geral, de acordo com o membro da direcção do clube que participou da reunião, António Lourenço, ocorrerá dentro de 90 a 120 dias.

“Identificamos 3 pessoas que vão trabalhar como responsáveis no sentido de viabilizar o clube em termos sociais até a realização da Assembleia Geral, onde possamos eleger os membros sociais em consenso” disse Lourenço.

Para além da preparação da Assembleia Geral, na reunião discutiu-se a proposta da Federação Moçambicana de Futebol de montar uma relva sintética no campo do de Maio.

A reunião foi convocada pelos sócios do clube que pretendiam regularizar alguns aspectos com a direcção, que nos últimos anos têm apresentado dificuldades na gestão do clube levando a degradação das suas infraestruturas, tanto na sede assim como no campo de futebol.

“Havia aspectos que dividiam a família do de Maio entre associados e a direcção, mas fruto de um trabalho que tem sido feito desde o ano passado até agora chegou-se a um consenso sobre qual seria a saída para o de Maio” salientou António Lourenço.

De referir que a actual direcção do clube de Maio, liderada por José Meque, está fora de funções já há 7 anos. A Comissão de Gestão do clube é formada pelos sócios António Lorenço Júnior, João Fonseca Txuza, António Machaieie, Filipe Budula, Isabel Bombe e Odete Paulo.

Adicionar comentário

Leave a Reply