Preto & Branco

Segundo agência financeira Fitch Rating:  Dívida pública moçambicana  transpõe 100%

A dívida pública moçambicana que foi afixada em 99,2% no ano passado, subirá para 112,8% no fecho deste ano e mesmo com descida ligeira, em 2021 se manterá acima da fasquia de 100, com registo de 108,9%.
Segundo o mais recente relatório da agência de notação financeira Fitch Ratings, o corrente ano será o mais penalizável devido  aos efeitos da pandemia da Covid-19, que também afectará o crescimento económico de Moçambique, quedando-se de 2,2% do ano passado para 1% no presente ano.
“A economia de Moçambique já estava a mostrar sinais de recuperação dos significativos danos feitos às colheitas e a outros sectores, no seguimento dos dois ciclones que atingiram o país em 2019”, consideram os analistas da Fitch Ratings.
No cômputo geral, o ” rating de Moçambique reflecte o aperto nas condições de liquidez, altos níveis de dívida e questões pendentes sobre as empresas públicas que pode afectar o perfil de crédito”, ajuizam os autores deste relatório que aborda a evolução das economias da África subsaariana nos últimos meses.
No entanto, a expectativa de lufada de ar fresco, ancora-se na possibilidade de uma recuperação económica para 2021, com um crescimento para 3,5%.
Quanto ao impacto dos grandes projectos de gás natural, a Fitch Ratings considera que os benefícios para a economia doméstica somente no fim desta década, condicionado pelos ataques terroristas em Cabo Delgado.

Adicionar comentário

Leave a Reply