Preto & Branco

Carlos Gilberto Mendes desafia federação moçambicana de ténis a tomar parte do movimento Olímpico

O Secretario de Estado do Desporto, Carlos Gilberto Mendes, deslocou-se na tarde desta quarta-feira à sede da Federação Moçambicana de Ténis, no prosseguimento de trabalho que faz no terreno, para se inteirar do funcionamento e gestão das infraestruturas desportivas.

Localizada no Jardim Tunduro, a Federação Moçambicana de Ténis partilha o espaço com o Clube de Ténis, sendo que a segunda agremiação está na gestão dos seis campos (courts) existentes.

O secretario de Estado de Desporto ficou a saber que a Federação Moçambicana de Ténis já tem disponível o dinheiro para o arranque das obras de construção do Centro Nacional de Ténis, a ser edificado no complexo Desportivo do Zimpeto.

A FMT tem na sua conta disponível vinte mil dólares norte americanos, valor doado pela Federação Internacional da modalidade, que faz parte da primeira tranche para a execução do projecto.

É um projecto que compreende a construção de courts de piso rápido, de terra batida, de paddel e um campo central.

No projecto, a Federação Moçambicana de Ténis tem previsto a construção de um edifício administrativo, onde vai ficar a sede da instituição, um centro comercial e balneários.

O Centro Nacional de Ténis vai ser edificado numa área de dois hectares e poderá arrancar no princípio do mês de Junho próximo, isso depois de acertos burocráticos com a Secretaria do Estado do Desporto e o Concelho Municipal de Maputo.

O SED foi informado que devido a pandemia do COVID 19, o plano de actividades para o presente ano está a merecer alguma alteração na sua programação, com destaque para o circuito internacional “Future”, que deveria ter lugar no próximo mês de Junho, e ficou adiado para Novembro.

 

A nível interno, os torneios estão a ser cancelados e outros adiados consoante a natureza competitiva dos mesmos, mas o Presidente da FMT, Jonas Alberto, garantiu ao Secretário de Estado do Desporto que administrativamente, o trabalho está a acontecer, dai, a apresentação do projecto do Centro Nacional de Ténis, que se junta aos cursos de monitores da modalidade e outras acções não competitivas.

 

Carlos Gilberto Mendes ficou satisfeito pela união da família desta modalidade e entusiasmado com o futuro desta actividade desportiva que apresentou soluções para o crescimento nos próximos anos, tendo dito que o ténis é a modalidade que inspira confiança e foi aquela que mais se desenvolveu no país, e congratulou a direcção por estar a trabalhar com estabelecimentos de ensino primário na massificação e divulgação da modalidade, pois vai permitir que num futuro breve, surjam tenistas que venham orgulhar o país.

 

Dado o empenho demonstrado pela federação, o Secretario de Estado do Desporto instou o ténis moçambicano a lançar-se em desafios de grande envergadura, e que a modalidade passe a constar do movimento olímpico e outras provas do contexto internacional.

 

 

Adicionar comentário

Leave a Reply