Preto & Branco

RENAMO acusa forças armadas de defesa e segurança de Moçambique

O maior partido da oposição RENAMO, falando em conferência de imprensa nesta quinta-feira (23), acusa as forças de defesa e segurança de Moçambique de estar a assassinar membros do partido em Cabo Delgado.

“Chegam informações preocupantes de Cabo Delegado, segundo as quais, no passado dia 12 de Abril, por volta das 18horas, uma embarcação transportando pessoas e mercadorias de Pemba para Ibo foi intercetada por elementos das forças Armadas de Defesa Moçambique. Depois de um simulado interrogatório, arrastaram a embarcação para de baixo da ponte caís e dispararam contra todos os ocupantes o que causou a morte de vários concidadãos.” Disse José Manteiga, porta voz da RENAMO.

Para além do baleiamento de civis, o partido Renamo acusa as FADM de excesso de zelo e abuso de poder.

“Ainda no distrito do Ibo, elementos das FADM dirigiram-se ao restaurante do cidadão Selemane Idi, onde expulsaram o guarda do estabelecimento, arrombando a porta e consumiram as bebidas alcoólicas e saquearam géneros alimentícios.”

 

Manteigas, disse considera o cenário como triste e lamentável, porque o porta voz da polícia está a ocultar estes factos entre outros actos criminosos que segundo ele se assemelham aos dos insurgentes.

Adicionar comentário

Leave a Reply