Preto & Branco

FMF Atrai  Multas até 15 MIL Dólares na  Atribuição de Licenças aos Clubes que não reúnem Requisitos para Militar na Alta Competição

A implementação das regras de Licenciamento de Clubes é de cariz obrigatório por parte das Federações filiadas na Confederação Africana de Futebol (CAF) e caso a Federação Moçambicana de Futebol (FMF) não cumpra com os critérios estabelecidos internacionalmente pode ser sancionada em valores que variam entre 10 a 15 mil dólares, se atribuir licenças irregulares aos clubes que tomem parte no Moçambola.

A questão de licenciamento de clubes é um problema sério do futebol nacional, uma vez que há clubes que não reúnem condições para militar na alta competição. Com vista a mudar o cenário, a Confederação Africana de Futebol (CAF), Federação Moçambicana de Futebol (FMF), Liga Moçambicana de Futebol (LMF) e, ainda a Comissão de Licenciamento de Clubes (CLC), estiveram reunidos hoje no auditório Ferdinand Wilson, na sede da FMF, para discutir alternativas a situação.

Na ocasião, a CAF, representada por Muhammad Feizal Sidat, chefe do Departamento de Licenciamento de Clubes, deixou claro que o organismo que gere o futebol africano será implacável, caso o país não siga a risca com as recomendações de implementação do projecto de licenciamento de clubes.

“Neste encontro ficou claro que a Confederação Africana de Futebol vai iniciar com um número de cinco a dez inspeções aleatórias, escolhendo algumas federações em Africa para verificar se as licenças concedidas aos clubes para participar nas competições nacionais e da CAF e toda informação submetida é real, portanto será semelhante a aquilo que aconteceu no Zimpeto onde uma equipa de inspectores virá verificar se os clubes que estão a participar no Moçambola e que foram concedidas licenças estão legais, veremos se reúnem esses requisitos e em caso de se verificar que a licença foi concedida não respeitando aquilo que são os critérios sanções poderão cair sobre a Federação Moçambicana de Futebol, como já aconteceu na última época onde a CAF chegou a sancionar com valores  entre dez a quinze mil dólares a federações que não cumpriram com o processo de licenciamento de clubes”, disse Muhamed Sidat.

 

Para que os clubes tenham a licença de nível A, que habilita a participar no Moçambola e nas competições da CAF, os mesmos deverão cumprir com os critérios estabelecidos no regulamento de licenciamento, destacando-se as infraestruturas adequadas, treinadores com a licença CAF, estar registado, ter estatutos e sede, entre outros.

 

Segundo a CAF, a maior parte dos clubes nacionais não tem estado a cumprir com todos critérios que permitem a atribuição da licença, daí que esta instituição tenha recomendado para que se possa aplicar o poder sancionatória.

 

“Quem deve conceder a Licença não é o órgão de disciplina da Federação é o órgão da primeira instância que está permanente em articulação e correspondência com a CAF e o que aferimos é que nos últimos anos não havia este conhecimento e a interpretação destas regras que foram aqui alinhavadas e também foi dada a indicação para que a FMF com a Comissão de Licenciamento de Clubes desenhe um manual de sanções para casos de incumprimento”, disse Sidat.

Liga Moçambicana de Futebol, afiançou que todos os 14 clubes que militarão no Moçambola já manifestaram o interesse em aderir ao licenciamento, como forma de profissionalizar o futebol nacional.

“(…) os 14 clubes já aderiram, mas cada um desses clubes tem as suas deficiências, porque há determinados requisitos que ainda não foram cumpridos” disse Ananias Coana presidente da LMF.

Por sua vez a comissão de licenciamento de clubes, exigiu uma postura diferente dos clubes nacionais:

 

“(…) Ainda temos muito caminho por trilhar, principalmente pelas dificuldades que os clubes aqui em Moçambique têm apresentado para aderir ao licenciamento” disse Artur Manhiça, representante da comissão de licenciamento de clubes.

 

Em linhas gerais, para obter uma licença, os clubes devem no mínimo ter infraestruturas próprias, treinador com licença, e estatutos próprios.

 

 

Adicionar comentário

Leave a Reply