Preto & Branco

Costa do Sol Quer Moçambola com Modelo Europeu

O treinador português do Costa do sol, Horácio Gonçalves, defende que o Moçambola deve passar a obedecer a calendário europeu, ou seja, iniciar em agosto e terminar em maio.

Para o presidente do clube, Jeremias da Costa, o facto de o início da competição ter sido adiado devido à pandemia da Covid-19 pode servir de pretexto para se pôr em prática um plano que tem sido, há algum tempo, alvo de debate.

«Há males que vêm por bem. Podemos aproveitar o momento para fazer a alteração do calendário e as nossas equipas passariam a entrar com o mesmo ritmo competitivo das outras equipas nas afrotaças», referiu.

Sublinhe-se que o Moçambola arranca em fevereiro/março, período em que as competições internacionais já arrancaram, fazendo com que as equipas moçambicanas sejam eliminadas quase sempre na fase de grupos, queixando-se de falta de jogos.

Caso a proposta dos canarinhos venha a ser apoiada pela maior parte dos 14 clubes participantes no Moçambola, poderá ser desta que a prova maior do futebol moçambicano seja ‘adaptada’ ao modelo europeu.

 

 

Adicionar comentário

Leave a Reply