Preto & Branco

Governo Tem Solução para CAF

O Secretário de Estado do Desporto, Carlos Gilberto Mendes afirmou que o Governo já accionou a garantia contida no Projecto de construção do Estádio Nacional do Zimpeto para efectuar as obras necessárias para colocar naquele recinto desportivo dentro dos padrões exigidos pela Confederação Africana de Futebol (CAF) e acolher jogos de nível internacional.

Gilberto Mendes deu conta que logo após o governo ter recebido o relatório da CAF, a SED e a Federação Moçambicana de Futebol (FMF) fizeram-se ao terreno para pôr mãos à obra e responder as recomendações que dão conta da necessidade urgente de melhorar a iluminação, relvado e aspectos de controlo da segurança do recinto desportivo.

“Já estamos em período de resolução destes problemas, já foram accionados protocolos com a embaixada da China e garantia para a resolução da questão da iluminação, já temos em cima da mesa três propostas para colocação dos torniquetes e a questão da relva já temos fechado o concurso público para a contratação da empresa que vai fazer a manutenção e num curto espaço de tempo teremos a Inspecção da CAF a dar aval para a utilização do nosso estádio em jogos internacionais”, afirmou Mendes.

Na ocasião não revelou qual será o impacto financeiro  das intervenções que vão ter lugar no Estádio do Zimpeto, porém deu a conhecer que antes da Inspecção da CAF já estavam acautelados fundos para a melhoria da iluminação e do relvado, tendo em conta o apagão que se registou no ano passado durante o jogo Moçambique – Ruanda.

“A questão da iluminação está coberta pela garantia o mesmo sucede com a parte das bancadas que apresentam rachas, os torniquetes também estão cobertos no contrato inicial e isto significa que não representarão um encargo para o Estado visto que estão previstos no desenho inicial da obra”, defendeu Gilberto Mendes.

A instalação do novo equipamento de iluminação está apenas dependente da reabertura das importações de materiais vindos da China que esteve em “lockdowm” devido a pandemia do Covid-19. Enquanto isso, obras de melhoria das bancadas, da vedação do perímetro do estádio, entre outras, já estão em curso e deverão todas ser finalizadas antes de 15 de Junho próximo, data definida pela CAF para realizar nova visita de Inspecção ao estádio do Zimpeto.

Zimpeto terá nova gestão em breve

Entretanto em breve, o Governo pretende implementar um novo modelo de gestão do Estádio Nacional do Zimpeto desde a sua inauguração, a 23 de Abril de 2011, esteve na responsabilidade do Fundo de Promoção Desportiva que tem vindo a demonstrar incapacidade e falta de vocação para gerir esta infraestrutura desportiva.

“O Estádio do Zimpeto tem uma estrutura administrativa  que vem funcionado desde a sua construção em 2011 e passados estes anos todos há necessidade de imprimir uma nova dinâmica na gestão do estádio e outro vigor para que deixe de ser uma infraestrutura onerosa para o Estado e torná-la rentável, através da passagem da gestão para a juventude que tem ideias novas que poderão catapultar este complexo desportivo para nova dinâmica e dentro de poucos dias será conhecida qual será a nova equipa de gestão do estádio”, disse Mendes

O Secretário de Estado revelou que já existem dois parceiros interessados em vincular o seu nome ao recinto desportivo na modalidade de “owner sponsorship” (patrocinador proprietário).

O nosso interlocutor revelou que a manutenção do Estádio Nacional do Zimpeto está estimada em cerca de cinco milhões de Meticais por mês que são suportados pelo Estado moçambicano, visto que esta infra-estutura não tem sido rentável, cenário que se pretende reverter.

Estas declarações foram dadas durante o encontro que manteve com jornalistas no âmbito de apresentação do plano nacional de estruturação e de financiamento do desporto moçambicano.

 

Adicionar comentário

Leave a Reply