Preto & Branco

TÍPICA DA NOSSA TERRA

Típica da nossa terra
Que serpenteia a estrutura da capulana,
para defender os segredos da fertilidade e o prazer que de si emana,

Típica da nossa terra
como a sua pele escura,
sem remendos nem artifícios,
como a sua beleza mais pura

Típica da nossa terra
que dança com os espíritos matinais no frio quente nas margens do indico,
dos passos frenéticos que despertam a volúpia noturna com seus dotes físicos

Típica da nossa terra
que expressa obscenidades íntimas nas câmeras da televisão
A que tem visão
e faz confusão quando não se lhe dá satisfação

Típica da nossa terra,
que mede em porções o prazer estantâneo
e tem preço para o conhecido e o estranho

Típicas da nossa terra
que atravessam fronteiras para fazer sorrir as carteiras e exibem traseiras em noites de bebedeiras.

Típica da nossa terra
que só hoje trará capulana no corpo,
Porque com isso se importa muito pouco!

Feliz 7 de Abril

Eduardo Changule

Adicionar comentário

Leave a Reply