Preto & Branco

“Timbila Tathu” uma exploração do universo cultural moçambicano

Timbila Tathu de Marílio Wane, é a nova proposta de exploração do vasto universo cultural quer Moçambique apresenta. Com o selo da Khuzula Editora e sob apresentação de Filimone Meigos, o livro será lançado no dia 19 de Fevereiro de 2020 no Instituto Camões-Centro Cultural Português, a partir das 18h00.

A obra Timbila Tathu nasce da dissertação de mestrado intitulada “A Timbila chope: construção de identidade étnica e política da diversidade cultural em Moçambique (1934-2005)” defendida pelo autor na Universidade Federal da Bahia (Brasil), em 2010. Em cinco capítulos, Wane aborda o papel desta expressão cultural na construção da identidade nacional em Moçambique. Desde o seu nível local, como símbolo da identidade do povo chope,`a sua dimensão universal, atingida através da proclamação como “património da Humanidade” pela Unesco em 2005.

O percurso desta expressão de música e dança revela aspectos importantes de como se deram, ao longo da História, as relações entre a cultura e os diversos projectos políticos vigentes no país.

Entretanto, o autor da grande obra que revela a moçambicanidade, Marílio Wane, nascido a 25 de Maio de 1980, na Cidade da Beira, em Moçambique, é licenciado em Ciências Sociais pela Universidade de São Paulo (Brasil) e Mestre em Estudos Étnicos e Africanos pela Universidade Federal da Bahia (Brasil). Desde 2007, actua como investigador na área de Etnomusicologia no ARPAC-Instituto de Investigação Sócio-Cultural, órgão subordinado ao Ministério da Cultura e Turismo de Moçambique.

Paralelamente à larga experiência de investigação no terreno, neste período, tem desenvolvido diversas actividades no âmbito da Convenção para a Salvaguarda do Património Cultural Intangível da Unesco, de 2003, em território nacional e em países como Angola, Brasil, Zimbabwe e Argélia. No seguimento das suas áreas de interesse temático, passou a actuar, a partir de 2018, como colaborador e representante do ICTM – International Council for Traditional Music – em Moçambique.

Adicionar comentário

Leave a Reply